Thursday, January 26, 2006

A filha do flautista


Então é isso
Assim como disseste
A vida é fácil, é breve
Na maior parte do tempo

Então é isso
A história curta
Sem amor, sem glória
Sem heróis, sem luta


Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar
Não posso parar...

Então é isso
Assim como deveria ser
A brisa, ambos vão esquecer
Na maior parte do tempo


Então é isso
Gelada água
A filha desgarrada
Pupila negada

Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Eu não sei parar de te olhar
Eu não me canso de olhar
Não vou parar de te olhar
Não posso parar...

Falei eu em odiar?
Falei eu em abandonar?
Deixar tudo pra trás?

Da minha mente não sais
Da minha mente não sais
Da minha mente não sais
Da minha mente não sais
Da minha mente não sais
Minha mente não sai de ti...
Até alguém melhor surgir


Pra mim a música é triste. Ponto.
Entre fanfarrão e soprador preferi flautista, lembra meus tempos de colégio.
Perdoem mas não conseguir tirar "Eu não sei parar de te olhar" , me lembra um dia especial... Então, é isso. :)

1 comment:

Carol Aureliano said...

Se gostei???
Não Wal! Não gostei!
A-M-E-I!
Vc tem muito talento viu!
E realmente não dá pra não dizer "Eu não sei parar de te olhar" A frase preferida das mulheres apaixonadas como nós.
A falta de espaço no fotolog é pq eu dei m tempinho sem colocar fotos. Mas amanhã eu vou colocar uma, pq faço 1 ano e 1 mês com meu amor.
Beijão pra vc.